ANÁLISE QUANTITATIVA DOS DADOS FORNECIDOS PELOS
ÓRGÃOS INTERNOS DO CAMPUS DA UFES EM ALEGRE QUANTO AOS BENEFÍCIOS PREVISTOS NO PNAES.

Nome: Simone Paiva de Araujo
Tipo: Dissertação de mestrado profissional
Data de publicação: 25/07/2018
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Ulysses Rodrigues Vianna Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Fabricia Benda de Oliveira (Alegre) Examinador Interno
José Romário de Carvalho Examinador Externo
Ulysses Rodrigues Vianna Orientador

Resumo: A política de assistência estudantil tem o intuito de reduzir a evasão e a retenção de alunos no ensino superior, pois garantem condições aos alunos de classes mais baixas, permanecerem e concluírem seus cursos, podendo assim, contribuir para aumento da renda familiar. Sendo assim, o presente trabalho visou analisar a concessão dos benefícios previstos no PNAES através dos dados fornecidos pelo Departamento de Assistência Estudantil (DAE), localizado no Campus de Goiabeiras e pela Seção de Atenção à Saúde e Assistência Social (SASAS) e pela Secretaria Única de Graduação (SUGRAD), no campus da UFES em Alegre. Foram correlacionados os números de alunos que receberam benefícios, sendo esses dados contrastados entre os órgãos do Campus. Os resultados mostraram inconsistências entre os dados fornecidos pelos órgãos geradores de benefícios e foi observado ainda que alunos mesmo depois de evadidos dos cursos ainda constavam como beneficiados nas listas dos diferentes órgãos, sendo que esses dados também apresentavam diferenças. Assim, a forma de controlar esses dados necessitam ser melhor observadas pela Ufes, bem como os órgãos internos necessitam de um sistema integrado onde esses dados se correlacionem.
Palavras-chave: PNAES. Auxilio estudantil. Gestão Pública. UFES.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910