Histórico

O Programa de Pós-graduação em Gestão Pública (PPGGP/UFES) nasceu da articulação entre a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas e a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. A iniciativa teve origem na reivindicação de servidores técnico-administrativos da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) de um Curso de Mestrado no campo da Administração Pública voltado ao seu desenvolvimento profissional. No entanto, logo em seu início, essa ideia se expandiu, alcançado servidores do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) e, um pouco depois, servidores de inúmeras outras instituições em nível estadual e federal da Administração Pública sediadas no estado do Espírito Santo, à medida que parcerias foram se ampliando.
Ou seja, uma análise do contexto estadual e a propriedade de se buscar permanentemente a melhoria da qualidade dos serviços públicos levou à criação de um curso mais abrangente. Assim, uma equipe formada por professores de diversos departamentos da Ufes, no entendimento da gestão pública como área interdisciplinar, propôs a criação do Mestrado Profissional em Gestão Pública e Planejamento, do Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas (CCJE) no campo da Administração Pública.
O Programa foi aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) no ano de 2010 e iniciou suas atividades em outubro de 2011. A primeira turma, de 25 alunos, foi selecionada pelo critério de nota no Teste ANPAD, entre técnicos administrativos da Ufes e público externo. Saliente-se que esse critério continuou e continua a ser utilizado para ingresso no mestrado até os dias atuais. No dia 3 de outubro de 2011, deu-se início ao primeiro semestre letivo com a oferta de quatro disciplinas obrigatórias: Planejamento e Gestão Pública; Métodos Quantitativos; Metodologia da Pesquisa; e Teoria das Organizações.
Em maio de 2012, teve início o segundo semestre letivo, com a oferta de disciplinas optativas das linhas de pesquisa. Em outubro de 2012, a primeira turma iniciou a fase de elaboração do projeto de dissertação. As defesas das dissertações ocorreram de setembro a dezembro de 2013, resultando em 22 defesas de dissertação aprovadas. Em agosto de 2012, deu-se início à segunda turma, com 25 vagas ofertadas e preenchidas. Novamente, os discentes foram selecionados utilizando-se como critério a nota no teste ANPAD. Dos 25 alunos que ingressaram, 23 alunos defenderam suas dissertações.
Em 2012, foi celebrado um Acordo de Cooperação Técnica com o Instituto Federal do Espírito Santo (IFES). Pelo Acordo, a instituição cedia três professores ao Programa e recebia vagas para seus técnicos e professores. Em agosto de 2013, o Mestrado Profissional em Gestão Pública deu início à terceira turma, com 31 vagas ofertadas e preenchidas. Também por meio do Teste Anpad, foram selecionados alunos entre técnicos administrativos em educação da Ufes, do Ifes e oriundos da demanda social.
Em 2014, foram celebrados mais três Acordos de Cooperação Técnica com órgãos públicos federais e estaduais, nos mesmos moldes do acordo celebrado com o Instituto Federal do Espírito Santo. Os acordos se deram entre o PPGGP/UFES e os seguintes órgãos: Controladoria Geral da União; Advocacia Geral da União; e o Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo. Os acordos tinham como objetivo oferecer formação aos servidores desses órgãos que, em contrapartida, cederiam professores para atuarem como colaboradores externos e coorientadores.
A parceria com a CGU, por exemplo, estabelecia formação de seus servidores e de órgãos parceiros: o Ministério Público Federal (MPF); o Departamento de Polícia Federal-ES (DPF/ES); o Ministério Público do Trabalho (MPT); entre outros. Em contrapartida, o mestrado recebera a colaboração de profissionais técnicos dessas instituições em atividades de palestras, coorientações, organização de eventos, lançando mão do conhecimento e da experiência profissional desses servidores em diversos campos do setor público. Então, em março de 2015 teve início a quinta turma do Mestrado, com a inclusão de alunos servidores das novas instituições conveniadas.
Em agosto de 2015, teve início a sexta turma, com 36 vagas ofertadas e preenchidas. Essas duas turmas em 2015 reuniram 43 mestrandos e quarenta deles concluíram com suas defesas de dissertação. No primeiro semestre de 2016, foram selecionados dez candidatos para a sétima turma do Programa.
Nesse ínterim, novos acordos de cooperação foram celebrados, o que acarretou aumento da oferta de vagas aos órgãos neles abrigados. A oitavaª turma do Programa foi formada em 2016 por 32 técnicos administrativos da Ufes, de diferentes campus, além de cinco aprovados por demanda social. Também foram integrados à oitava turma servidores do Ifes e de outras instituições conveniadas. Ao todos, foram 57 ingressantes nos dois semestres de 2016.
Em março de 2017 foi formada a nona turma do PPGGP/Ufes com 20 alunos oriundos dos acordos de cooperação e dos novos acordos assinados. Esta turma foi composta por quatro servidores do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Espírito Santo; dois servidores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT); quatro servidores do Governo do Estado do Espírito Santo, dois servidores do MPF, 2 servidores da Polícia Federal; dois servidores do Tribunal de Contas do Espírito Santo e dois servidores do Tribunal Regional Eleitoral.
Esses novos acordos acarretaram novas contrapartidas em termos de servidores para atuarem no Mestrado em diferentes atividades. Com o decorrer do tempo, o Programa foi ganhando cada vez mais visibilidade no setor público e na sociedade em geral, levando por consequência à celebração de novos acordos, como os com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT), com o Governo do Estado do Espírito Santo e com Tribunal Regional Eleitoral. Candidatos oriundos da demanda social também têm aumentado e com bons resultados no Teste Anpad.
A décima turma do PPGGP/Ufes teve o início em agosto de 2017, formada por 32 servidores técnico-administrativos da Ufes dos campus de Vitória, Alegre e São Mateus. Integraram também essa turma dez servidores do Ifes, um servidor da AGU e cinco da demanda social, contribuindo com seus esforços e pesquisas para que no ano de 2017, fossem realizadas 45 qualificações e 45 defesas de dissertação! Uma performance de 100%!
Em março de 2018, foi formada a 11ª turma do PPGGP/Ufes com 26 alunos oriundos do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Espírito Santo; da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT); do Governo do Estado do Espírito Santo; da Controladoria Geral da União; do Ministério Público Federal; do Tribunal de Contas do Espírito Santo; da Polícia Federal, entre outros órgãos. Nesse ano, foram também firmados novos convênios: com a com a Procuradoria do Trabalho da 17ª Região/ES – MPT; com a Superintendência Regional da Polícia Federal no ES- SRPF/ES; com a Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal – SRPRF/ES; e com a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego - SRTb/ES.
Os novos acordos vieram acompanhados de novas contrapartidas em termos de profissionais desses órgãos para atuarem no Programa do Mestrado. A 12ª turma do PPGGP/Ufes teve o início de suas atividades em agosto de 2018, formada por 45 técnico-administrativos da Ufes, por dez servidores do Ifes e por cinco oriundos da demanda social. A abrangência do Programa pode ser observada pelos resultados em 2018, ano em que foram realizadas 51 qualificações e 52 defesas de dissertação. O ano iniciou com 128 alunos e terminou com 136 alunos ativos e dez alunos desligados.
Como já salientado, o preenchimento das vagas é feito, desde o início do Programa em 2013, por critério objetivo: a nota global do Teste ANPAD obtida pelo candidato. A utilização desse critério meritocrático e objetivo tem afastado críticas de qualquer natureza em relação à neutralidade do preenchimento das vagas. É possível tecer críticas ao critério adotado, no entanto, não à lisura do processo seletivo. O Pré-Projeto de Dissertação, exigido no processo seletivo, é utilizado tão somente para alocação dos candidatos aos orientadores. Todos os discentes são servidores públicos dos órgãos parceiros e cinco vagas são destinadas anualmente à demanda social, permitindo que candidatos sejam classificados mesmo que não tenham vínculo com o setor público, mas desde que sejam eficientes no Teste Anpad. .
Desde seu início até os idos de hoje em 2020, a busca permanente pela melhoria da qualidade do Curso e da gestão do Programa e o trabalho por resultados e seus reflexos na melhoria da qualidade do serviço público no Espírito Santo tem sido uma luta permanente por parte de todos os servidores envolvidos no Curso, como é possível observar. O Mestrado Profissional em Gestão Pública e Planejamento da Ufes vem ganhando cada vez mais reconhecimento no Estado do Espírito Santo e o ampliando regional e nacionalmente.

Alunos Formados e Matriculados:O programa já formou 356 mestres e conta com 78 alunos regularmente matriculados, todos no mestrado.

Nome dos coordenadores e coordenadores-adjuntos:

Período: 2023-2025
Coordenador(a): Ariadne Marra de Souza
Coordenador(a) Adjunto(a): Wellington Gonçalves

Período: 2021-2023
Coordenador(a): Lucilaine Maria Pascuci
Coordenador(a)-Adjunto(a): Bruno Henrique Fiorin

Período: 2020-2021
Coordenador(a): Taciana de Lemos Dias
Coordenador(a)-Adjunto(a):Alexsandro Luiz de Andrade

Período: 2018-2020
Coordenador(a): Taciana de Lemos Dias
Coordenador(a)-Adjunto(a): Marilene Olivier Ferreira de Oliveira

Período: 2016-2018
Coordenador(a): Marilene Olivier Ferreira de Oliveira
Coordenador(a)-Adjunto(a): Taciana de Lemos Dias

Período: 2015-2016
Coordenador(a): Teresa Cristina Janes Carneiro
Coordenador(a)-Adjunto(a): Taciana de Lemos Dias

Período: 2013-2015
Coordenador(a): Teresa Cristina Janes Carneiro
Coordenador(a)-Adjunto(a): Margareth Vetis Zaganelli

Período: 2011-2013
Coordenador(a): Teresa Cristina Janes Carneiro
Coordenador(a)-Adjunto(a): Margareth Vetis Zaganelli

Histórico do conceito CAPES do programa:

Período de Avaliação: . . . . . Conceito:

2010-2012 . . . . . . . . . . . . . . 3 (regular)
2013-2016 . . . . . . . . . . . . . . 3 (regular)
2017-2021 . . . . . . . . . . . . . . 4 (bom)

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910